quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

''MÃE, sob o teu AMPARO nos refugiamos".

                     ESTUDANDO OS PLANOS


    Sigamo-lo,de perto nas terras de Nossa Senhora. Antes de tudo ele é Padre.Conhecendo a paixão que tinha pela Santa Missa,poderemos imaginar com quanto fervor não celebraria, o Padre Siqueira,o santo Sacrifício do altar quer na capelinha da fazenda onde a Mãe Santíssima, sua tão cara Padroeira, o recebia sob o doce título de  Senhora da Conceição, a recordar com amor o seu dia 08 de Dezembro de 1864;quer na Capela da Senhora do Amor Divino, o centro de toda vida Religiosa do lugar.

   A capela da fazenda da Olaria já não existe,foi destruída até antes da casa-residência. Sobre o formoso oratório ,cuja fotografia no livro IV do Centenário podemos apreciar,lemos:"Hoje completamente restaurado encontra-se definitivamente na igrejinha da antiga fazenda de Corrêas".(o IV volume foi editado em 1941).

  Sobre seus planos de estudos, que certamente fazia a luz do Santuário, na solidão  de seu aposento, depois  de prolongada oração ou a piedosa tarefa de seu breviário, podemos escrever a palavra dos Sagrados Livros: BEATUS QUI INTELLIGT SUPER EGENUM ET PAUPEREM"."Feliz do homem que entende e se condói do pobre pequenino; no dias maus e difíceis o Senhor o libertará".

   "Educar as meninas desvalidas de proteção e amparo, que pudessem no futuro viver honestamente de seu trabalho, quer como boas mães de famílias,que como empregadas domésticas,quer como representantes do magistério, conforme as sua inclinações e aptidões naturais". Eis o magno problemas que se apresenta á sua mente; eis o programa que se traçou o corajoso sacerdote,cheio de desejos de trabalhar pela  Pátria.
  À sombra das grandes árvores, sob o pálido azul do céu ameno de Corrêas, meditando em seu coração uma obra tão bela,sente o perpassar das realidades cruéis, entrever as asperezas do cometimento, as dificuldades e as contradições,olhos fitos no céu,coração posto em Deus.
"A minha convicção de que é chegado o tempo e de que a obra é de Deus,que nunca deixou de velar sobre esse País,é tão forte que minha divisa única foi e é -ou a morte ou o triunfo de uma empresa que considero divina".



VOCAÇÃO RELIGIOSA,JÁ PENSOU?